Philippe Bobola

Philippe Bobola

Doutorado em Física e Química, Biólogo (terceiro ciclo) e Antropólogo.
Membro da Academia Europeia das Ciências Artes e Letras (França).
Membro da AAAS (Associação Americana para o Avanço da Ciência).
Membro da Sociedade Americana de Química.
Membro da Academia de Ciências de Lausanne.
Membro da Comissão Científica do Simpósio Internacional de aromaterapia e plantas medicinais.
Consultor em Terapias Quânticas.
Professor entre 1990 e 2005 na Universidade de Paris VI, Paris VII, Cergy-Pontoise e Créteil.
Autor de numerosas publicações em revistas de Física e Biofísica com revisores.

Em 2006 ele criou uma licenciatura em antropologia médica na Universidade de Kremlin Bicêtre (Paris) em que ele era um professor da história do pensamento médico.
Ele concluiu a criação de uma nova Licenciatura dentro de uma parceria
entre a Universidade de Estrasburgo e da Ste Anne Hospital, em Paris. Esta Licenciatura foi aberta em janeiro de 2012 e intitula-se "Pessoas primárias: uma perspectiva multidisciplinar".
Ele está atualmente pesquisando em biofísica na "Société de bio-informatique et bio-
technologie (Tours).

Palestrante na França e em outros países desde 1998 sobre tópicos que vão desde a ecologia, antropologia, arte, poesia, pintura, sociologia, stress, novas economias, medicina alternativa, a física moderna e especialmente sobre o tempo.
Realiza Workshops sobre desenvolvimento da criatividade através de uma compreensão do tempo (Itália, Bélgica,
Canadá, Espanha, Grécia, Brasil, Luxemburgo, Suíça e França).

Livro coletivo: "Pense diferente" Caminho Novo "; Os novos caminhos em bioinformática 2004
Kluwer Academic Publisher "
Vários livros em preparação: "o público do Invisível" e "Manifesto para uma vida
vibração ".



Tema da Palestra:

A vibração no coração da vida

Tradicionalmente, biólogos e químicos costumam negligenciar a dimensão vibratória das moléculas.
Por outro lado físicos veem essa dimensão como dipolos elétricos que são capazes de criar campos elétricos. Mais tarde, a Mecânica Quântica introduziu o novo conceito de dualidade onda-partícula no qual a matéria pode expressar uma dimensão vibratória e ao mesmo tempo, a sua dimensão material. Durante muitos anos esse comportamento foi considerado como uma propriedade específica do mundo subatômico. No início dos anos 90, teóricos como Wojciech Zureck, Hartle James, Zeh Dieter, Roland Omnes e Murray Gell-Mann desenvolveram a teoria da decoerência quântica para justificar a dimensão vibratória e quântica no comportamento de objetos físicos macroscópicos, como moléculas e biomoléculas.
No entanto, a experiência recente feita em 1999 por Zllinger e Arndt demonstra que moléculas macroscópicas de fulereno apresentam propriedades quânticas apesar de suas enormes dimensões físicas (60 átomos de carbono, organizados em 360 prótons, 360 elétrons e 360 nêutrons, para um total 1080 partículas).
Nos próximos anos, provavelmente vamos descobrir as propriedades quânticas das estruturas biológicas tão importantes como as moléculas de DNA. Será cada vez mais difícil ignorar essa dimensão vibracional para entender o mundo da Biologia.
As tecnologias de hoje chamados "Terapias Quânticas" nasceram nas pesquisas aeroespaciais avançadas na Russia que explorar esta propriedades ondulatórias da vida por vinte anos.É uma verdadeira revolução para a nossa Medicina alopática, que é essencialmente regulada pela Física newtoniana.
Graças as tecnologias, podemos determinar qualitativamente e quantitativamente um campo biológico para cada órgão, e mais importante, podemos medir e corrigir a entropia de cada um eles. Outros propriedades quânticas podem ser encontradas no mundo biológico, assim, encontramos:
• A propriedade da superposição de estados na fotossíntese,

• O efeito tunelamentol que explicaria a eficácia das enzimas e do
sentido do olfato.

• O entrelaçamento quântico que explicaria a estabilidade do DNA e do
senso de direção das aves migratórias.
Assim, uma nova Biologia está sendo delineada:
A Biologia Quântica, essencialmente com base no comportamento vibracional da Vida.