Workshops Francisco di Biase destaca papel da Física Quântica na Neurociência

As descobertas em relação ao vazio do átomo e o vácuo do universo são fundamentais para avaços na Neurociência e Saúde

Francisco Di Biase, neurocirurgião e pesquisador da consciência, foi o terceiro palestrante da manhã do primeiro dia do III Simpósio de Saúde Quântica e Qualidade de Vida. O estudioso, Único Grand PhD da América do Sul, título concedido pela World Information Distributed University, Bélgica, onde é Full Professor, focou seu tema na mente quântica: fundamentos neorocientíficos.

Segundo o pesquisador, tudo no universo é conectado instantaneamente através de uma informação não-local. Para ele, essa visão mostra que o observador, com sua mente, que é de natureza quântico-holográfica, está interligado ao universo. “Há uma totalidade que auto-organiza esse universo”, explicou.

Em sua fala, o pesquisador destacou a forte presença do “vácuo” no universo e dentro do átomo, e sugeriu que chamássemos de “continuum” porque, segundo explicou, assim como no átomo, boa parte da energia não está na matéria, mas ao redor. O cientista utilizou a música como exemplo, destacando que a música não está no instrumento, mas ao redor; não na matéria, mas ao redor dela.

Em sequência, di Biase destacou o poder dessa concepção na neurociência, uma vez que o cérebro é composto, primordialmente, por “microtúbulos” que, segundo se pensa, são compostos desse “continuum”.