Workshops Entenda o que é um Salto Quântico

É quando os elétrons se aceleram, afastando os elétrons do núcleo.

Na Física Quântica, quando uma partícula que está num determinado nível energético ganha uma quantidade de exatamente igual a diferença de energia para um nível mais alto, ela salta para esse nível. Esse salto é chamado de Salto Quântico.

Curiosamente quando o elétron salta de uma órbita para outra, ele não pode ser encontrado entre as órbitas no momento do salto. Nesse momento, o elétron está possivelmente numa outra dimensão invisível aos nossos olhos. O físico Niels Bohr, prêmio nobel de física comprovou matematicamente que o elétron não pode estar entre os níveis de energia no momento do salto.

A existência de universos paralelos é hoje uma teoria consistente inicialmente fundamentada pelo cientista Hugh Everett. Possivelmente quando o elétron salta de uma órbita para outra ele está em outra dimensão. Num universo paralelo.

O retorno dos elétrons às suas posições, desde que não tenham se desprendido do átomo, libera a energia recebida para realizarem o salto.

Essa energia é liberada na forma de fótons, o que ocasiona emissão de luz.

Os elétrons das últimas camadas necessitam de pouca energia para saltar para as camadas mais externas, e seu retorno cria ondas mais longas.

Estas ondas vibram na na cor vermelha; enquanto isso, os elétrons mais próximos do núcleo necessitam de maiores energias.

Os fótons (luz) saem criando ondas mais curtas, aproximando a luz do violeta, ultravioleta - cor imperceptível aos olhos humanos, raios X, gama, raio-x, dentre outros

A razão de os elétrons mais próximos do núcleo necessitarem de mais energia  acontece devido à atração entre a parte positiva do átomo (prótons do núcleo) e a parte negativa (elétrons da nuvem eletrônica).

Quanto mais próximo o elétron do próton, mais ele é atraído pelo núcleo, criando um efeito de blindagem contra os saltos quânticos e assim "exigindo" maior energia para que os saltos sejam realizados e o elétron se afaste do núcleo.

Em uma temperatura de 1.000 graus centígrados, os elétrons abandonam suas órbitas, em número sempre crescente, e se essa temperatura atingir 100.000 graus centígrados, todos os elétrons se desprendem do núcleo, que não resiste à repulsão entre suas partículas formadoras e explode em entrechoques de altíssimas temperaturas.

 

Fotóns são particulas luminosas.

O salto quântico é um princípio utilizado nas ciências  modernas como a nanotecnologia, a microeletrônica, mecatrônica, etc.

O processo criativo também está associado a um salto quântico na mente. Uma brusca mudança de percepção.

***

Nossa campanha para o III Simpósio de Saúde Quântica e Qualidade de Vida aponta que nos dias 13, 14 e 15 São Paulo irá dar um Salto Quântico. Um salto de consciência, de qualidade de vida, de inteligência quântica e conhecimento para a co-criação de um novo mundo.